sábado, 8 de outubro de 2011

“A Consciência oferece escolha

“A Consciência oferece escolha.
A Escolha oferece o caminho do retorno.”

A separação da realidade sagrada de Deus pode acontecer de maneiras óbvias ou sutis. Ela pode acontecer por causa dos pensamentos e crenças que a pessoa começa a manter a um nível mental e ela também pode acontecer porque o coração começa a contrair e a se fechar para a sua própria capacidade intrínseca de amar. Frequentemente, estes dois seguem juntos.
 A presença de uma energia de trevas que remove alguém da realidade sagrada nem sempre é conhecida pelo eu consciente. Geralmente, sentimentos de rejeição ou de julgamento em relação a outros, de irritabilidade ou crítica, parecem ser justificados pelas circunstâncias externas. É esta justificativa que afasta do amor e que é o terreno no qual a energia da escuridão se apega. Tal justificativa perpetua o comportamento que é irado, crítico, irritadiço ou aversivo, e não permite que se perceba que há uma escolha que é possível em tais situações. Pode-se escolher retornar ao amor e abandonar o terreno das trevas.
A fim de fazer esta mudança, duas coisas são necessárias: a disposição de deixar ir as emoções que não mais são amorosas e solidárias com os outros, e o sentimento de que Deus irá apoiar a própria vida se decidirmos liberar estas emoções. Como uma parte fundamental desta mudança, a autoproteção que é em grande parte mantida através de atitudes emocionais, torna-se substituída por um retorno a Deus para toda a proteção. No lugar da confiança, defesas emocionais podem ser liberadas e uma escolha pode ser feita para o amor.
É uma assinatura das energias das trevas elas serem incompatíveis com o amor. Onde o amor existe, a escuridão deve se retirar. Similarmente, onde os verdadeiros sentimentos de santidade existem, a escuridão também deve se retirar. Estas duas possibilidades de sentimentos abrem o coração para a entrada das dimensões superiores da luz e impedem de responder ao impulso de deixar a realidade sagrada de Deus sem ter consciência disto.
Por esta razão, é importante notar quando e onde o amor parte, e saber que o próprio coração tem o compromisso de permanecer fiel ao amor, ainda que circunstâncias externas possam parecer adversas. Tal é o mandato dado a cada alma humana pelo Pai e Mãe Divina. Este mandato de amor é uma parte intrínseca da Aliança Sagrada que as almas fizeram no início dos tempos, e a sua ancoragem é parte do que liberta a alma para que ela se torne a sua própria natureza Divina.
A ancoragem no amor liberta a alma encarnada da escuridão e impede o tipo de rancor, de conflito e de separação que tão frequentemente ocorre onde as trevas estão operando. A ancoragem no amor está fundamentada no compromisso perpétuo de permanecer fiel à Aliança de Deus, não importa que motivos possam aparecer para não sustentar tal fidelidade. Esta ancoragem é a maior proteção contra as forças que impediriam de reconhecer, sentir e conhecer o próprio Eu Divino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BEM VINDO !

Que as Forças de Luz tragam iluminação para toda a humanidade !!!
Que o Espírito de Paz se difunda.
Que os homens e mulheres de boa vontade possam se encontrar em toda parte num espírito de cooperação.
Que o perdão da parte de todos os seres humanos seja a tônica deste tempo.
Que o poder ajude os esforços dos Grandes Seres.
Que assim seja e nos ajude a fazer nossa parte.

Sintonize Rádio de luz: http://www.radioanjodeluz.com/
Ou a Rádio VEG:http://www.vegetarianismo.com.br/sitio/radioveg/
...
=>Você se surpreenderá se reservar 10 minutos do seu dia para oração ou meditação.
=> A Luz chega para você na medida de sua capacidade para recebê-la , mantê-la e irradiá-la.